domingo, 13 de junho de 2010

São Paulo, junho 2010.

.
.
.
.
.
.

.
.
.
.
.
.

Um comentário:

  1. poema-vivo na foto-morte.
    fotografar é fazer morrer o tempo.

    ResponderExcluir